Pesquisar este blog

24 de junho de 2014

Incertezas

Nunca fui uma pessoa de grandes certezas. De grandes sonhos, mas não de grandes certezas.
O problema agora é que, são incertezas demais, medos demais, cobranças demais.
De repente, o mundo passou a fazer um outro sentido. Percebi que tinha uma visão distorcida da realidade, e o choque ainda não passou.

Queria poder entender tudo de uma só vez. Mais uma vez, dormir com 26, e acordar com 30, como se até lá - e depois disso, a vida fosse só certezas outra vez.

Será mesmo que não dá?